Anjos que me seguem....

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Regina Duarte vive nova fase em peça de suspense!!!!

                  

É melhor não falar muito sobre a trama de "Bem-Vindo, Estranho", peça que estreia nesta sexta-feira, 18, no Teatro Vivo. De uma forma geral, trata-se da história de Jaki e sua filha Elaine, que vivem sempre se estranhando em seu claustrofóbico apartamento em Londres. A situação piora quando Joseph, namorado de Elaine, vai morar com as duas, formando um triângulo amoroso que terminará em tragédia.

O que se pode afirmar com convicção é que a peça escrita por Angela Clerkin consolida uma nova fase na carreira de Regina Duarte - no papel de Jaki, que alterna momentos de carinho com egoísmo extremado, a atriz de 66 anos não apresenta mais vestígios da Namoradinha do Brasil (alcunha conquistada com o sucesso da novela "Minha Doce Namorada", de 1971), tampouco da divorciada e independente que retratou a mudança de costumes no seriado "Malu Mulher", de 1979. "Agora, já me sinto liberada para brincar, sem julgamentos", disse ela à reportagem, convencida de que provavelmente vai surpreender quem se acostumou a vê-la sempre no mesmo papel - mas ciente de que fez a escolha certa.

O momento é de enfrentar novos desafios. Situação muito diferente dos três anos em que ficou longe da telinha, quando Regina descobriu-se sem espaço na televisão. "Passei minha vida toda na vitrine e, de repente, estava fora, nenhum diretor me chamava", relembra. "Aquilo me incomodou mas, ao invés de me desesperar, passei a me ocupar com outras tarefas como ler, cuidar dos netos."

Regina se refere ao ocaso iniciado depois de ter vivido Waldete Maria, mulher despachada e sem papas na língua na novela "3 Irmãs", em 2008. Fase em que ficou afastada das artes. A volta começou a se ensaiar em 2011, quando participou de um dos episódios da série "As Cariocas". "Fiz um papel bem diferente do que o público estava acostumado a ver. Acredito que foi isso que despertou a atenção do (diretor) Roberto Talma, que me convidou para interpretar Clô Ayala, em O Astro."

O papel chamou a atenção da crítica para uma nova Regina Duarte. Também mostrou que a atriz estava aberta para novos desafios - jovem ator e autor, Rafael Primot também trabalhou em "O Astro" e acompanhou interessado a atuação de Regina. Ao vê-la, decidiu criar coragem e convidá-la para participar do longa "Gata Velha Ainda Mia", em que a atriz viveria uma escritora decadente e envelhecida fisicamente. Regina leu o roteiro e, apesar da promessa de viver uma mulher feia e fracassada, topou a parada.

E, como um elo que forma uma cadeia produtiva, Primot foi consultado pelo ator Kiko Bertholini sobre a possibilidade de a atriz protagonizar uma peça que lhe reservaria o papel de uma paranoica. Ciente da disposição de Regina para novos desafios, Primot aconselhou o amigo a fazer o convite. "Li o texto em um dia e, já no outro, corri para aceitar, com medo de que eles oferecessem para outra atriz", conta ela, referindo-se a "Bem-Vindo, Estranho".

Assim, ela iniciou uma rápida e intensa criação de Jaki, mulher que vive em constante tensão com a filha, a advogada Elaine (Mariana Loureiro), agravada pela chegada de Joseph (Bertholini), que foi absolvido por Elaine da acusação de assassinato. "Minha opção foi criar um filme noir no palco", conta o diretor Murilo Pasta, que, depois de experiência no cinema e na TV da Inglaterra, estreia como encenador de palco. "A luz, a trilha sonora especialmente composta, o uso do cigarro, tudo contribui para alimentar esse clima de suspense." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

BEM-VINDO, ESTRANHO
Teatro Vivo (Av. Dr. Chucri Zaidan, 860, Morumbi, tel.: 97420-1520). 6ª, 21h30; sáb., 21 h; dom., 18h. R$ 50/ R$ 60. Até 15/12.     FONTE :
http://www.bemparana.com.br/noticia/283804/regina-duarte-vive-nova-fase-em-peca-de-suspense#.UmFtXHC-pgE

Um comentário:

  1. ..... (¯`v´¯)♥
    .......•.¸.•´
    ....¸.•´
    ... (
    ☻/
    /▌♥♥
    / \ ♥♥

    B E S I T O S

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...