Anjos que me seguem....

domingo, 30 de outubro de 2011

Maísa alisa os cabelos para estrelar Carrossel. Foto!


Maísa Silva, de nove anos, não é mais dona dos famosos cachinhos. A menina precisou alisar as madeixas para viver a sapeca Valéria no remake de “Carrossel”, do SBT.

Vale reforçar que a pequena não usou químicas capilares para mudar o visual. Maísa apenas terá de fazer escova todos os dias para ficar parecida com a personagem original. A decisão de transformar os cabelos da garota partiu do SBT, segundo a coluna de Alberto Pereira Jr. na "Folha de S. Paulo".

Na primeira foto divulgada da novela infantil, é possível ver todas as crianças e a professora Helena, interpretada por Rosanne Mulholland, juntas na sala de aula. “Carrossel” estreia em janeiro de 2012.

Murilo Benício: Me sinto um pouco super-homem com a farda


Interpretar o tenente Wilson na série “Força-Tarefa”, da Rede Globo, satisfaz Murilo Benício. O ator, que se prepara para estrear na terceira e última temporada do programa, contou ao “F5”, da "Folha de S. Paulo", que se sente muito bem com o figurino do personagem.

"Já vivi bastante coisa. Me sinto um pouco super-homem com a farda", contou. Na nova temporada, Wilson estará bem perturbado emocionalmente por perder quase todos os colegas da corregedoria da Polícia Militar, que morrem em uma ação, além de ter que enfrentar muitos problemas pessoais em sua casa.

Os oito episódios seguirão uma linha investigativa, com pistas para o público seguir. "Acho que essa é a grande graça de séries assim", explicou Murilo. Para o personagem, Murilo teve que raspar o cabelo. Na época, ele declarou que seu filho detestou o novo visual. “Força-Tarefa” estreia no dia 3 de novembro.

Nicki Minaj teria agredido funcionária e polícia é chamada na casa da rapper


Confusão e mais confusão para a cabeça de Nicki Minaj. Há duas semanas, a cantora demitiu uma funcionária que a fotografou dentro de casa e pediu um autógrafo na imagem revelada. O problema é que na última sexta-feira (28), essa mulher voltou à casa de Nicki e iniciou uma briga que acabou com polícia.

De acordo com o site "TMZ", a doméstica, não muito contente com a situação, pediu satisfação. A funcionária se sentiu injustiçada e pediu para que não fosse tratada como um animal. Uma testemunha ocular da briga disse ao site que Nicki teria sido muito grossa, respondendo: “Eu vou te mostrar como se trata um animal... sai da p**ra da minha casa!”.

A cantora pediu ajuda ao namorado, que supostamente empurrou a vítima com o corpo, antes de a polícia chegar. Mas como nenhuma agressão foi confirmada, ninguém foi levado pelas autoridades.

Ainda segundo o "TMZ", a situação piorou quando Nicki percebeu que havia confundido a empregada demitida com outra funcionária da casa, ou seja, insultou a mulher errada.

Esta não é a primeira vez que Nicki se envolve com a polícia. A artista foi intimada pela justiça por parte da polícia da Jamaica após ter falado muitos palavrões no palco durante a performance no festival Reggael Sumfest, em julho.

Hebe Camargo tieta Roberto Carlos durante leilão


Hebe Carmago foi pura simpatia durante o leilão "Emoções", que aconteceu na fazenda Santa Cruz, em Araras, São Paulo, no último sábado...Fã, de Roberto Carlos, a apresentadora da Rede TV! aproveitou para tietar o cantor antes do evento de agropecuário...

Luciano deixa hospital em Curitiba ao lado da mulher


Internado desde a manhã de sexta-feira (28), o cantor Luciano recebeu alta na manhã deste domingo (30) e deixou o hospital em Curitiba acompanhado pela mulher, Flavia. Os pais do cantor, Francisco e Helena, também estavam com ele.

Luciano não falou com a imprensa na porta do Hospital Santa Cruz. Ele apenas sinalizou com a mão que estava bem. De lá, ele partiu em uma van para o aeroporto de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba.

Luciano deu entrada no local um dia após o polêmico show em que anunciou o fim da parceria com o irmão, Zezé Di Camargo. A assessoria de imprensa da dupla negou a informação pelo Twitter logo após o ocorrido. Segundo boletim médico, Luciano teve uma crise após uso de diuréticos, o que fez cair o nível de potássio no sangue do músico.

Já o último boletim divulgado pelo hospital, às 12h, informou: "O Luciano passou a noite bem, na companhia da esposa, acordando hoje disposto e tranqüilo. O nível de potássio no sangue agora está normal. Plano de alta para casa agora pela manhã com orientação dietética e quanto ao uso racional de diurético para o edema e de laxantes para a obstipação".

Wanessa faz último show antes do nascimento do filho


Com um shortinho curto e blusa justa, Wanessa apresentou na noite de sábado (29) o último show antes do nascimento de seu primeiro filho. Animada e bem disposta, a filha de Zezé Di Camargo se emocionou bastante, além de pular com os dançarinos...

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Mesmo se for menina, futuro bebê de Kate e William poderá subir ao trono!!Parabéns a toda Familia Real!!


Mesmo se for menina, a primeira filha de Kate Middleton e do príncipe William poderá subir ao trono e se tornar rainha, graças à uma mudança nas regras de sucessão ao trono.
Nesta sexta-feira, 28, os líderes dos 16 governos que têm a rainha Elizabeth II como chefe de estado concordaram unanimamente em mudar a lei em seus domínios. Segundo a lei atual, o primeiro filho homem é que se tornaria o herdeiro imediato.
Ao anunciar a novidade, o primeiro-ministro britânico David Cameron disse: "Para simplificar, se o Duque e a Duquesa de Cambridge fossem ter uma filhinha, essa menina um dia se tornaria nossa rainha".
Os países envolvidos na decisão - entre eles Austrália, Nova Zelândia, Canadá, Jamaica, Papua Nova-Guiné, Barbados e Bahamos, entre outros - terão que implementar a mudança individualmente em suas constituições.

Monique Evans desaprova ensaio nu da filha: ‘Acho cedo demais para isso’



Visivelmente mais magra, chegando a pesar menos de 60kg, a ex-modelo e apresentadora Monique Evans foi uma das convidadas para a festa que aconteceu nesta quinta-feira, 27, na Zona Portuária do Rio, e que celebrou a eleição de Débora Secco como a mulher mais sexy do mundo, de acordo com uma publicação. Ao ser questionada sobre a possibilidade de sua filha, Bárbara Evans, posar nua, Monique retrucou:
“Acho cedo demais para isso. A Bárbara é muito nova e ainda tem que buscar muita coisa na carreira. Não é assim, chegar e ir tirando a roupa”, afirmou ela, referindo-se à jovem de 20 anos..
Já Bárbara, que está solteira, confessou que já foi abordada por uma publicação masculina para protagonizar um ensaio nu: “O namoro sempre existe e namorar assim é bom demais, né? Por enquanto eu também não pensei nisso e nem conversei com a minha mãe. Vamos ver mais pra frente.”

Adele faz cirurgia na garganta e cancela todos os shows de 2011


A cantora e compositora britânica Adele foi forçada a cancelar todos os seus compromisso profissionais até o final do ano, informou sua gravadora nesta sexta-feira (28). Tudo devido a uma cirurgia iminente.
Em um comunicado, a Columbia Records afirmou que Adele, de 23 anos, estava cancelando as apresentações com "profundo pesar"."Ela será submetida a uma cirurgia para aliviar os problemas atuais com sua garganta e uma recuperação completa é esperada. Por causa disso, os médicos ordenaram que ela descansasse a voz e se recuperasse completamente antes de retomar os compromissos de trabalho", disse o comunicado.
No início deste mês, a cantora já havia cancelado dez shows nos Estados Unidos. O álbum 21, que produziu sucessos como Rolling in the Deep e Someone Like You, se tornou o mais vendido do ano naquele país. No mesmo dia, foram desmarcados shows na Grã-Bretanha.
No início do ano, Adele já havia sido forçada a adiar várias apresentações nos EUA, devido a problemas nas cordas vocais. Ela estava terminando uma turnê pela Grã-Bretanha quando os problemas reapareceram, no início de outubro.
A cantora britânica liderou as indicações ao Prêmio American Music em 11 de outubro, com quatro indicações, batendo nomes como Katy Perry e Lady Gaga.

A vida me ensinou...Charles Chaplin



A vida me ensinou...
A dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração;
Sorrir às pessoas que não gostam de mim,
Para mostrá-las que sou diferente do que elas pensam;
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade, para que eu possa acreditar que tudo vai mudar;
Calar-me para ouvir; aprender com meus erros.
Afinal eu posso ser sempre melhor.
A lutar contra as injustiças; sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo.
A ser forte quando os que amo estão com problemas;
Ser carinhoso com todos que precisam do meu carinho;
Ouvir a todos que só precisam desabafar;
Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos;
Perdoar incondicionalmente, pois já precisei desse perdão;
Amar incondicionalmente, pois também preciso desse amor;
A alegrar a quem precisa;
A pedir perdão;
A sonhar acordado;
A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);
A aproveitar cada instante de felicidade;
A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar;
Me ensinou a ter olhos para "ver e ouvir estrelas",
embora nem sempre consiga entendê-las;
A ver o encanto do pôr-do-sol;
A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;
A abrir minhas janelas para o amor;
A não temer o futuro;
Me ensinou e está me ensinando a aproveitar o presente,
como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesmo tenha que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher.




Charles Chaplin

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Animais estranhos--Dragão marinho arbusto-


O dragão marinho arbusto é um peixe semelhante a um cavalo-marinho e é originário da Austrália.

Peixe bruxa-


O peixe bruxa, semelhante a uma enguia, não tem esqueleto interno. Seu corpo é sustentado apenas por uma corda dorsal.

Toupeira nariz de estrela ....


Esse pequeno mamífero tem origens na América do Norte. Seu nariz é formado por pequenos tentáculos que funcionam como órgãos sensoriais, ajudando o animal a se movimentar pelos túneis subterrâneos.

Peixe bolha-diferente e gracioso ao mesmo tempo!!


O peixe bolha vive nas águas marítimas profundas da Austrália e da Tasmânia. O animal é praticamente isento de músculos e se alimenta de peixes.

Polvo Dumbo,vc já viu???


Esse animal aquático vive em profundidades de até sete mil metros. Eles se alimentam de pequenos crustáceos.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Teleton supera a meta e arrecada quase R$ 27 milhões-GRAÇAS A DEUS E AO POVO SOLIDARIO A ESTA CAUSA MARAVILHOSA!!PARABENS A TODOS QUE AJUDAM A AACD!!


A décima quarta edição do Teleton foi repleta de emoção para os telespectadores, artistas e para todas as crianças da AACD.
Após mais de 24 horas de programação, mais uma vez o Teleton atingiu a meta, que era de R$ 24 milhões, e conseguiu superá-la, arrecando R$.26.802.633. O dinheiro arrecado será usado para construir uma unidade da AACD no Espírito Santo e outra na Paraíba.

Durante toda a programação, diversos astros e estrelas da televisão e da música se revezaram no palco formando a Rede da Amizade.
A maratona deste ano também fez muito sucesso na internet. Em toda a programação, o Teleton esteve entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil e no mundo. Inclusive a campanha feita pelos artistas e internautas para a presença de Hebe Camargo.
Hebe chegou ao palco do Teleton por volta das 22h de sábado e foi recepcionada por Celso Portiolli e Ratinho. Pouco depois, às 23h, Silvio Santos apareceu e arrancou aplausos do público, que lotava o estúdio 1 do CDT da Anhanguera, em Osasco (SP)!
Durante as mais de 24 horas de programação, o site do SBT acompanhou de perto todos os detalhes dos bastidores, com vídeos exclusivos, além de estar o tempo todo conectado na bancada de blogueiros no estúdio do Teleton. Através do site, os internautas tiveram acesso a notícias e fotos que só quem estava no estúdio poderia ter.
Mais uma vez, o Teleton emocionou e mexeu com todos os brasileiros. Histórias de vida e exemplos de superação que provam a cada ano o quanto o povo brasileiro é solidário e merece ter um país cada vez melhor. Obrigado a todos que participaram e contamos ainda mais com a ajuda de vocês no próximo ano.

Claudia Raia dedica musical Cabaret ao amigo Reynaldo Gianecchini


Desde que iniciou a carreira, no anos 70, Claudia Raia acalentava um sonho que parecia impossível: encarnar a cantora Sally Bowles em Cabaret, um dos musicais de maior sucesso de todos os tempos, que estreou na Broadway em 1966, e seis anos depois ganhou as telas de cinema, sob direção de Bob Fosse, com Liza Minelli no papel principal. Finalmente o sonho virou realidade: a peça estreia dia 28 no Teatro Procópio Ferreira em São Paulo, onde deve ficar em cartaz até junho de 2011, seguindo depois para o Rio de Janeiro.
A trama gira em torno do envolvimento de Sally com o escritor americano Cliff Bradshaw, vivido na montagem brasileira – dirigida por José Possi Neto - pelo ator Guilherme Magon. Quando conseguiu os direitos do musical, cuja produção divide com Sandro Chaim, Claudia tinha, porém, outro nome em mente para formar o par romântico: o de seu amigo Reynaldo Gianecchini, que precisou abrir mão do convite em razão da descoberta de um mioma no cérebro, em agosto, que o obrigou a se afastar dos palcos para se tratar.
"Ele acompanhou tudo, cada passo, cada nota. Já assistiu a vários ensaios. Esse espetáculo é dedicado a ele, com toda certeza", disse a atriz, na apresentação da peça, realizada na segunda-feira no próprio Teatro Procópio Ferreira.
"Sempre pensei nele. Foi o primeiro nome. Quando o convidei, ele aceitou. Aí tivemos a notícia (do câncer), e tivemos de substituí-lo".
Após apresentar alguns trechos da peça, Claudia Raia e Possi Neto falaram da escolha do Teatro Procópio Ferreira para a apresentação de musical tão grandioso.
"O Procópio Ferreira tem o aconchego de um cabaré. Nós optamos por não montarmos em um teatro enorme porque isso afastaria o público. A gente sacrificou lugares de um espaço que já é pequeno para um musical, colocando mesas e cadeiras em que o público pode se sentar, como se fosse em um cabaré mesmo, junto com a gente", argumentou Claudia, ressaltando o número de pessoas que o teatro abriga.
"Somos 16 na orquestra, 24 em cena mais uma equipe técnica gigante, mas todos cabemos. Fizemos o nosso Cabaret, claro que seguindo o texto, seguindo as músicas. Mas no resto em tudo nós podemos mexer", figurino, cenário, concepção, linguagem, versões – disse ela, lembrando que a versão brasileira é assinada por Miguel Falabella.
Possi Neto garante que não foi preciso “acanhar” o espetáculo em razão do espaço. Ao contrário, ele até cresceu em certos aspectos, como o da parte musical a cargo de Marconi Araújo. Segundo o diretor, o maestro aumentou o número de músicos para dar tom diferenciado às canções que surgem dentro do cabaré e às que aparecem fora, que cobram arranjos mais encorpados.
"Ele (Araújo) optou por colocar um número maior de músicos do que normalmente se coloca para dar peso desses arranjos em alguns momentos que são sinfônicos. Lá geralmente eles fazem com uma banda mais restrita, que é só de nove músicos".
Outro papel de destaque em “Cabaret” é o do MC (mestre de cerimônias), que, além de fazer a ponte entre as cenas, é o elemento de ligação com o público. No cinema, o ator Joel Grey ganhou Oscar pelo personagem, como ator coadjuvante – ao todo foram oito estatuetas, incluindo de melhor diretor (Bob Fosse), melhor atriz (Liza), melhor fotografia, melhor direção de arte, melhor edição, melhor som e melhor trilha sonora. No Brasil, o MC é Jarbas Homem de Mello, escolado por participações em musicais como Lés Mirerables, O fantasma da ópera, Rent e Grease.
Claudia Raia reconhece que fez uma verdadeira corrida de cão e gato em relação a Sally. Quando aparecia oportunidades e convites para ela assumir o papel, outros compromissos, como com a TV, não permitiam. Foi assim, por exemplo, em 1989, quando ela foi convidada por Jorge Takla para protagonizar o musical, mas teve que recusar por estar ocupada com as gravações da novela “A Rainha da Sucata”. Beth Goulart acabou sendo a escolhida para aquela montagem.
Mas Claudia acha que a chance veio no momento certo e que a espera valeu a pena. Até pela oportunidade de reunir a equipe que está por trás do espetáculo, com outros nomes como Alonso Barros na direção de coreografia, Fábio Namatame nos figurinos e Renato Theobaldo e Roberto Rolnik nos cenários.
"Acho que na época talvez eu não estivesse preparada para viver esse papel. Agora eu consigo ver um pouco mais as filigranas desse personagem, as “cascas de cebola”, e quanta coisa ela pode ser. O que pela imaturidade de 20 anos atrás eu talvez não conseguiria enxergar. Então (Sally) veio na hora certa. Está tudo certo".
O Teatro Procópio Ferreira fica na Rua Augusta, 2.823, tel 11 4003-1212. Cabaret terá sessões às quintas, 21h; sextas, 21h30; sábados, às 18h e 21h30; e domingos, às 18h. Os ingressos custam entre R$ 40 e R$ 200.
Da Agência O Globo

Pattinson fará leilão de estreia de 'Crepúsculo' para ajudar o Camboja


Robert Pattinson organiza leilão da estreia de 'Amanhecer' para construir casas a jovens mulheres do Camboja
Robert Pattinson fará um leião da estreia da primeira parte de Amanhecer para angariar fundos para construir casas para jovens mulheres no Camboja. As informações são do site Female First.
» Alugue ou Compre vídeos no Terra Video Store
O vampiro Edward na saga está organizando um lance para os fãs da série poderem assistir em primeira mão o longa, no dia 17 de novembro em Los Angeles, um dia antes da estreia ao público.
O dinheiro arrecadado irá para a fundação GO Campaign, que constrói casas permanentes para adolescentes e ajuda na sua educação no país asiático. Em 2010 Pattinson organizou uma visita ao set de filmagens de Crepúsculo para arrecadar doações para a mesma fundação.

EUA: comitê de especialistas recomenda vacinar homens contra HPV


Um comitê assessor do governo americano recomendou esta terça-feira que os meninos sejam vacinados contra o vírus do papilomavírus humano (HPV), uma doença sexualmente transmissível que pode evoluir para o câncer. Todos os meninos de 11 a 12 anos deveriam tomar a vacina, cujo uso já é recomendado para as meninas, segundo o Comitê Assessor sobre Práticas de Imunização (ACIP, na sigla em inglês), dos Centros para o Controle e a Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos.
"A vacina contra o HPV será uma proteção contra certas questões de saúde relacionadas com o HPV e com o câncer nos homens, e a vacinação dos homens com HPV também pode proporcionar uma proteção indireta nas mulheres, mediante a redução da transmissão do HPV", informou o comitê em um comunicado. Se os CDC aceitarem as recomendações do painel, será solicitada cobertura a todas as companhias de seguros sem que o paciente tenha que compartilhar os gastos.
O laboratório Merck é a única companhia farmacêutica que disponibiliza a vacina tetravalente - que age contra quatro cepas independentes do HPV - com licença de uso em meninas e meninos.
A vacina Gardasil, do Merck, foi aprovada para meninas e mulheres de 9 a 26 anos e para meninos e homens da mesma faixa etária, em outubro de 2009.
A vacina Cervarix, da GlaxoSmithKline, bivalente, foi aprovada em 2009 para meninas e mulheres de 10 a 25 anos.
As últimas recomendações representam uma mudança no aconselhamento que os médicos costumavam dar. Até o momento, eles indicavam a vacinação dos meninos e rapazes até os 21 anos, mas agora a pretensão seria de que a prática se tornasse rotineira, embora não seja obrigatória.
Anne Schuchat, diretora do Centro Nacional de Imunização e Doenças Respiratórias dos CDC, o nível relativamente baixo da vacinação entre as meninas foi uma razão chave para a mudança.
"A vacina contra o HPV não está sendo muito solicitada entre as adolescentes", disse à imprensa, considerando que a taxa de imunização é "decepcionante".
O comitê considerou em que, além de reduzir a carga sobre as mulheres e as meninas, a vacina contra o HPV permitirá prevenir o câncer anal e as verrugas genitais em meninos e homens.
"A vacinação masculina é mais eficaz quando a cobertura das mulheres é baixa", explicou.
A vacina contra o HPV virou o centro das atenções no país no mês passado, quando a candidata republicana à Presidência, Michele Bachmann, disse durante um debate ter ouvido falar que poderia causar atraso mental.
No entanto, não foram documentados casos do tipo pelas autoridades sanitárias e Schuchat reiterou que até agora foram distribuídas no país quase 40 milhões de doses da vacina contra o HPV, que é considerada segura.
Os efeitos colaterais mais comuns são uma leve inflamação no local da injeção, dor de cabeça e febre leve ou moderada, afirmou.
O HPV é a doença sexualmente transmissível mais comum, e tem mais de 40 subtipos, alguns dos quais podem causar câncer cervical e verrugas genitais. Mas normalmente, o HPV não causa sintomas.
Segundo os CDC, pelo menos 50% dos homens e mulheres sexualmente ativos contrairão HPV em algum momento de suas vidas.
Geralmente o organismo humano consegue eliminar a infecção sozinho em dois anos, mas certos suptipos do vírus, conhecidos como cepas oncogênicas, podem evoluir para o câncer e precisam ser acompanhados de perto.

Hospital Paulista chama atenção para o Dia Nacional da Saúde Bucal


O Hospital Paulista sempre engajado na melhoria do bem estar e da qualidade de vida da população faz um alerta no Dia Nacional da Saúde Bucal, 25 de outubro, para que as pessoas se conscientizem que a saúde bucal é essencial para garantir uma vida saudável, já que muitas doenças afetam a boca, além de agravar doenças já instaladas no organismo.

Vale ressaltar que medidas simples como manter uma boa higiene bucal diária, com uso de escova adequada, creme dental, fio dental e antissépticos, são ações preventivas que podem evitar doenças.

É por isso que o Hospital Paulista, especializado em otorrinolaringologia, presta uma justa homenagem neste dia 25 de outubro, Dia do Cirurgião Dentista, a esses profissionais que se dedicam à conscientização da população sobre a importância da saúde bucal na certeza de que a “saúde começa pela boca” e o papel desses profissionais é fundamental para termos uma sociedade cada vez mais saudável.

Sobre o Hospital Paulista

Fundado em 1974, o Hospital Paulista ampliou competência para outros segmentos, durante sua trajetória, com destaque para Fonoaudiologia, Alergia Respiratória e Imunologia, Distúrbios do Sono, Halitose, procedimentos para Cirurgia Cérvico Facial, bem como Buco Maxilo Facial.

Em localização privilegiada (próximo ao Metrô Santa Cruz), possui 55 leitos e 10 salas cirúrgicas, realizando em média, por mês: 600 cirurgias, 7.500 consultas no ambulatório e Pronto Socorro e, aproximadamente, 1.500 exames especializados.

Referência em Otorrinolaringologia e com alta resolutividade, apresenta índice de infecção hospitalar próximo à zero.

Dispõe de profissionais de alta capacidade, professores-doutores, sendo catalisador de médicos diferenciados e oferece excelentes condições de suporte especializado 24 horas.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Brasil tem 15,3 milhões de filiados a partidos políticos...


Atualmente o Brasil tem 15.381.121 eleitores filiados a uma das 29 siglas, de acordo com dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Entre abril e outubro deste ano, 1.885.618 pessoas filiaram-se a algum partido.

O destino principal dos novos filiados foi o PT, que teve 155.715 eleitores. Em segundo está o PSD, recém-criado, com 149.586 inscrições. O PMDB ficou em terceiro, com 146.665 filiações, seguido do PSDB com 128.459 novos nomes.

Do total de filiados, o PMDB é o que concentra maior número (2.420.327). Na sequência vem o PT (1.566.208), PP (1.436.670), PSDB (1.410.917), PDT (1.212.531), PTB (1.203.825) e DEM (1.124.069). O prazo de filiação a partidos políticos terminou no dia 14 de outubro.

De saída. O TSE divulgou também o número de eleitores que optaram por deixar determinada legenda. No mesmo período de abril a outubro, foram 560.476 desfiliações. O PMDB registrou a maior baixa (86.243), seguido do PSDB (59.962) e do PT (49.722). / Com informações do site do TSE....Por Lilian Venturini, estadao.com.br,

Outro programa do Esporte depositou R$ 1,3 milhão em contas de fantasmas


Dezenas de cheques de um convênio do Ministério do Esporte mostram que o descontrole no uso do dinheiro público não atinge só o programa Segundo Tempo. Pelo menos R$ 1,3 milhão do ministério foi parar no ano passado na conta de empresas fantasmas ou sem relação com o produto vendido para o programa Pintando a Cidadania. Há cheques, por exemplo, de R$ 364 mil, R$ 311 mil, R$ 213 mil, R$ 178 mil, R$ 166 mil e R$ 58 mil. O dono de uma empresa destinatária dos cheques disse ao Estado que desconhece o que foi vendido, alegando ter 'arranjado' a nota fiscal para um amigo receber dinheiro do ministério. No dia 31 de dezembro de 2009, o secretário de Esporte Educacional, Wadson Ribeiro, assinou convênio de R$ 2 milhões com o Instituto Pró-Ação, com sede em Brasília. Ex-presidente da UNE e filiado ao PC do B, Wadson é homem de confiança do ministro Orlando Silva e assinou, nos últimos anos, boa parte dos convênios sob suspeita. Segundo o Portal da Transparência, o convênio com a Pró-Ação foi encerrado em abril deste ano e está em fase de prestação de contas.O Pintando a Cidadania atua em parceria com outros projetos do ministério. para 'fomentar a prática do esporte por meio de distribuição gratuita de material esportivo e promover a inclusão social de pessoas de comunidades reconhecidamente carentes'. O contrato com o Pró-Ação menciona uma conta corrente em nome do convênio. No dia 26 de abril de 2010, o instituto repassou um cheque dessa conta no valor de R$ 311.346,05 para a empresa Automatec Tecnologia e Serviços, registrada na cidade de Valparaíso de Goiás como uma loja de motos, a 'Oliveira Motos'. Segundo a nota fiscal emitida, o dinheiro do Esporte pagou 'tecidos, algodão e tinta'. Em entrevista ao Estado, Marcos Oliveira, dono da Automatec, disse desconhecer o Pró-Ação: 'Não conheço a ONG. Eu arranjei o nome da empresa para um amigo, a gente joga bola junto'. Seu amigo é Edinaldo Moraes, dono da Contemporânea Comércio e Serviços, que também está na prestação de contas da ONG. Cinco cheques do convênio foram parar na conta dessa empresa. No mesmo dia 26 de abril de 2010, quando a loja de motos Automatec levou R$ 311 mil, um cheque de R$ 364 mil foi depositado em nome da Contemporânea. A empresa recebeu ao todo R$ 817 mil para supostamente vender fios de costura, agulhas e tecidos. No dia 20 de setembro de 2010, auge da campanha eleitoral, a ONG repassou R$ 213 mil para a Contemporânea. Na época da 'venda', a empresa era registrada numa sala em um sobrado em Valparaíso. Hoje, nada funciona naquele endereço. 'A empresa não está mais funcionando. Faz tempo que não temos atividade', disse Edinaldo. Ele afirmou que fez a intermediação da venda com fornecedores indicados pela ONG. O convênio do Esporte com essas entidades permite que elas escolham seus subcontratados e, respectivamente, o destino dos recursos públicos repassados. Outra empresa usada no esquema foi a Guerreiros Comércio e Serviços, que não existe no endereço registrado em Cidade Ocidental (GO). Em 21 de maio do ano passado, a Guerreiros recebeu um cheque de R$ 178.187,50 para vender 2,2 mil cadarços, 20 unidades de tecidos e 1.273 agulhas. 'Se a gente fosse colocar tudo numa empresa só o custo tributário seria muito alto. Então a gente dividiu e colocou em diversas empresas', afirmou Edinaldo. Na edição desta semana, a revista Época levanta suspeitas sobre a atuação 'familiar' do Instituto Pró-Ação, dirigido por Zilmar Moreira da Silva. Além das empresas fantasmas, a ONG ainda repassou recursos para uma cooperativa dirigida pela mulher de Zilmar. O instituto fechou também convênio de R$ 6,5 milhões com o Esporte no programa Segundo Tempo.Por LEANDRO COLON / BRASÍLIA, estadao.com.br,

'Autoridades devem olhar mais o assédio no futebol', diz Neto


Entre Dilma e Ricardo Teixeira, Neto escolhe a presidente para mandar no Mundial de 2014. 'Ela é que tem que partir para cima em termos de estrutura para que tenhamos uma boa Copa, porque uma ótima Copa nós não teremos'. O polêmico comentarista da Band, que agora ganhou um programa para chamar de seu - O Dono da Bola - acaba de ser convidado para se filiar ao PPS. O ídolo corintiano com quase um milhão de seguidores no Twitter despista: 'Agora não é o momento para entrar na política'. Se fosse, já teria até bandeira para levantar: 'Muita gente usa o poder como diretor, como técnico para usar do benefício sexual com os meninos (da categoria de base)', revela Neto, sugerindo mais atenção das autoridades para isso. A seguir, trechos da conversa.

Por que não vai para o PPS?

Já recebi convites também do PTB, mas não penso nisso... ainda. Trabalho na TV, tenho um bom salário, estou focado.

Quem tem que mandar na Copa: Dilma ou Ricardo Teixeira?

É a Dilma que deveria tomar a dianteira. Tem que partir para cima em termos de estrutura para que tenhamos uma boa Copa, porque ótima nós não teremos. Adorei a indicação dela para que o Pelé fosse o embaixador do Mundial. Se levar só pelo lado político, vai dar tudo errado. Mas você vê, o Pelé, que não falava com o João Havelange nem com o Ricardo Teixeira, agora está sentado junto conversando. Se não tiver um Pelé encabeçando, é melhor nem ter Copa aqui.

O que você acha da possível demissão de seu colega de emissora Rafinha Bastos, da Band?

Ele foi indelicado, mas tudo tem uma conversa, né? Eu não perderia um talento como ele por causa disso.

Você já foi chamado pela direção da Band pedindo para que pegasse leve?

Já. Mas não foi uma crítica. Me disseram: 'Neto, você é comentarista de futebol, não de política ou de polícia'. É que, às vezes, eu interagia com o Datena e acabava metendo o pau onde não devia. Mas nunca na Band ninguém me proibiu de falar do Ricardo Teixeira, do Dunga, do Joseph Blatter ou do ministro dos Esportes.

Nem mesmo para mudar o sotaque caipira?

Uma vez marcaram uma consulta com a fonoaudióloga da Band. Ela está até hoje me esperando (risos). O que eu estou tentando fazer é acertar o português. Como estudei até o primário, tenho dificuldades. Faço aula particular uma vez por semana. É conversação.

Como é uma aula de conversação em português?

Não preciso ter um português para empresa, nem fazer redação. A professora me assiste muito na TV, sabe os termos que uso. Às vezes, tenho dificuldades para fazer concordâncias. Já falei 'mais maior', 'chego', 'fazem tantos anos'. Hoje já não erro mais o plural. Não terminei os estudos porque fui idiota. Comecei a jogar bola, ganhar dinheiro e ninguém falou o que eu tinha que fazer, nem meus pais.

Por que decidiu fazer a cirurgia de redução de estômago?

Tentei de tudo, tomei até umas bolinhas fortes. Mas engordava tudo de novo. Quando parei de jogar, ganhei mais peso. Tenho 1,74 de altura e pesava 110 quilos. Já eliminei 27.

O que mudou na sua vida depois da operação?

Tudo. Sou mais disposto, brinco com meus filhos, jogo bola no master do Corinthians e meu desempenho sexual e a artrose nos tornozelos também melhoraram. Depois de cinco anos só usando roupa preta e larga, hoje visto calça jeans. Fui a uma festa e coloquei smoking, coisa que não fazia. Como as mesmas coisas, só que em quantidades pequenas.

Enquanto era jogador, você já sofria com sobrepeso. Já pegavam muito no seu pé.

Ainda pegam no meu pé. Hoje me veem magro e perguntam: 'Pô, por que você não era assim quando jogava?'. Falo: 'Não era assim porque eu não queria, ué'. As pessoas estão acostumadas a te cobrar pelo que acham que você deve ser.

Mas o excesso de peso não atrapalhava o rendimento?

Ah, atrapalhava. Se eu tivesse a cabeça que eu tenho hoje, teria disputado três Copas do Mundo e nunca fui a nenhuma. Não bebo há 11 anos, não fumo há quase oito.

E essa caixa de charutos e a pinga na estante?

Ah, isso eu ganhei. O charuto eu fumo, só que eu não trago, né? Com a bebida eu parei completamente quando minha filha nasceu. Eu ficava violento quando bebia, sofri acidente, quase morri. Agora, por que não fui para Copa? Fui irresponsável, não me cuidei. Fui considerado duas vezes o melhor jogador do Brasil, fui capitão de quase todos os times que joguei, mas não fui profissional, fui um boleiro que jogou muita bola. Poderia ter jogado no Milan, no Barcelona. Se o Rivaldo, o Romário e o Bebeto jogaram, acho que tinha condições de ter ido também.

Recomendaria uma cirurgia de redução de estômago para o Ronaldo?

O jogador profissional é sempre privado de comer, beber, dormir tarde. Ele tem que pensar na saúde. Ponto. Se eu fosse o Ronaldo, eu faria. Mas ele acabou de parar, deixa o cara ficar de férias.

Nesses anos de futebol, presenciou consumo de drogas?

Muito. Vi muita maconha, cocaína, glucoenergan (composto polivitamínico) na veia. Sem falar na bebida, né? Tenho uma história bonita, a do Alceu. Jogamos na Seleção Brasileira, no Guarani e moramos juntos. Ele sempre gostou de fumar maconha. Eu até já fumei uma vez, quando tinha 17 anos, e nunca mais. Aí as vidas tomaram rumos diferentes e fiquei uns 18 anos sem vê-lo. Soube então que ele viveu durante 11 anos viciado em crack, mas que agora tinha se recuperado. Liguei na hora para ele. Choramos. Há cinco anos ele não usa mais drogas e virou coordenador da fazenda de reabilitação de viciados em Florianópolis. Perguntei qual era o seu maior sonho e ele disse que era voltar a estudar. Hoje pago a faculdade de psicologia. Ele é o melhor aluno, me manda boletim e frequência. O problema é que a maioria dos ex-jogadores não estudou, muitos não souberam aplicar o dinheiro, e quase todos se separaram. Os clubes do futebol brasileiro não orientam os seus funcionários para essas questões, nem sobre as drogas.

Mas tem psicólogos nos Centros de Treinamento.

Ah, não acredito nisso, não. Eu acho que deveria ser uma coisa mais efetiva desde a categoria de base. Vamos citar o Jobson (que assumiu ser viciado em crack). Jogava no Brasiliense, ficou famoso no Botafogo, e ninguém ajudou o moleque? E a Fifa ainda quer afastá-lo do futebol por um ano? Em vez de colocá-lo numa clínica, reabilitá-lo, fazê-lo voltar para o futebol e servir como exemplo, os caras querem acabar com a vida dele tirando o seu emprego.

E a homossexualidade é comum no futebol?

Nas divisões de base sempre teve. E tem até hoje.

Como assim, na base? O jogador deixa de ser gay quando sobe para o profissional?

Não, não falei que os jogadores são homossexuais. O que eu disse é que muita gente usa o poder como diretor, como técnico, como outras coisas, para usar do benefício sexual com os meninos. Foi isso o que eu disse.

Existe isso no Brasil?

Muito.

No Estado de São Paulo?

No Brasil inteiro. Existe bastante. É que essas coisas não são divulgadas, mas quando eu trabalhei como gerente de futebol e quando fui jogador, a gente sabia disso. É velado. Para falar a verdade, é uma coisa muito séria, que o ministro dos Esportes e as autoridades deveriam olhar mais.

Mas as pessoas sabem disso?

Sabem sim, ué. Vou até te explicar: esses meninos, quando chegam nas categorias de base, deveriam ter escola, psicólogo, deveriam aprender sobre esse tipo de coisa, serem orientados mesmo.

Como seria esse assédio sexual? Seria do tipo...

Do tipo, não. Do poder que o cara tem e do menino que chega lá do cafundó do Judas e vem fazer teste em um determinado time. E, muitas vezes, tem que fazer esse tipo de coisa.

Tem que transar com o chefe?

Opa. É isso aí.

Você já foi assediado sexualmente?

Eu não, eu tinha cara de bravo. E com 15 anos já era titular do Guarani. Comecei na base com 11 anos, mas meu pai estava sempre comigo, isso faz toda diferença. As pessoas pegam sempre os meninos desprotegidos, que às vezes não têm dinheiro para comprar um lanche, uma bala. Isso é uma coisa que os dirigentes dos clubes deveriam perceber e fazer uma coisa legal. E não tem problema você ser homossexual, hétero ou bi. O problema é você usufruir de seu poder para ter vantagens sexuais.

Na época, aconteceu com algum amiguinho seu?

Ah, se eu tô falando isso é porque já, né? Mas eu não vou falar.

Por que jogador não assume publicamente ser gay?

Ah, tem um preconceito grande, o cara pode ter medo de perder o emprego, são muitas questões para compreender. Você vê aí o que o coitado do Richarlyson passa. Ninguém sabe se ele é homossexual ou não. Eu mesmo não sei, não o conheço. Mas e o que ele sofre no dia a dia jogando futebol? E o menino é um baita de um jogador extraordinário. Mas será que vale a pena expor a família? Não sei. Eu tenho homossexual na família.

Qual é o parentesco?

Não, não vou falar. E não tem problema, graças a Deus.

Arrepende-se de algo na vida?

A coisa mais horrível que eu fiz foi ter cuspido no rosto do juiz José Aparecido de Oliveira, em 1991. Foi feio demais da conta. No dia seguinte eu queria sumir, desaparecer, não queria ser eu mesmo. Senti vergonha da minha família. As pessoas que te amam, te perdoam. Fui massacrado. E foi merecido. Mas sou tão sortudo que, no mesmo ano, o santo papa veio para o Brasil e anistiou todos os pequenos pecadores. Eu pedi perdão para o José Aparecido ele me perdoou. Depois até o entrevistei. Mas eu não queria que minha filha Luísa soubesse disso na escola. Então cheguei para ela e falei: 'O papai cuspiu no rosto do juiz, o papai foi muito sujo e nunca mais fez isso'.

Em seu primeiro casamento, você e sua mulher tentaram gravidez por inseminação artificial. Foi com o mesmo médico do Pelé, o Roger Abdelmassih, condenado por assediar pacientes?

Não, não, foi em Campinas. Deus me livre. Olha isso: um dia eu estava deitado no sofá, olhando uma foto minha na parede de quando eu fui campeão pelo Corinthians em 1990. Pensei: 'Caramba, conheço aquele cara'. Aí levantei, olhei bem e... 'Caralho, é aquele fdp daquele doutor!' Ele estava bem do meu lado. Tirei o quadro na hora. E joguei fora.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Caso Pedrinho: família de bebê usa a internet em busca de doador de medula


Há quatro meses do Dia das Crianças, em 17 de junho, a vida de uma mãe de 21 anos mudava completamente. Seu filho, com 1 ano à época, foi diagnosticado com Leucemia Linfoblástica Aguda (LLA). E Júlia Ingrid Ribeiro da Silva viu-se "no chão". Na internet, um hábito antigo, ela encontrou espaço para relatar o drama vivido pela família, que se espalhou pela rede, na qual ela narrou a rotina de quimioterapias e internações do garoto, e assim, quem sabe, poderia conseguir o doador de medula compatível com Pedro, mudando o futuro do bebê.Sua atuação na rede se dá através doCasa de Pedro, no Facebook (Amigos de Pedro) e no Twitter, propagando as hashtags #sospedrinho, #casadopedro, e #doemedula. Até o momento, desde que o blog entrou em operação no dia 2 de setembro, Júlia levou mais de 340 pessoas ao Instituto Nacional do Câncer (Inca) e outros homocentros, onde verificaram compatibilidade de medula com seu filho. Solidários, artistas como Tom Cavalcante e Giovanna Antonelli retwittam suas mensagens constantemente. Há 30 dias, seu perfil na rede de microblogs tinha 50 seguidores. Hoje, são mais de 3 mil.

“Quando soubemos que o Pedro precisaria de um doador de medula, e que o meu esposo e eu não éramos doadores compatíveis, decidi criar o Casa de Pedro”, lembra Júlia. “Minha ideia é inserir nas pessoas a necessidade de fazer o cadastro. É muito difícil encontrar um doador, e estou sentindo isso na pele. Quero ajudar o meu Pedrinho, e salvar outros tantos que precisam de uma doação”.

Durante o tratamento do filho, que passa por sessões de quimioterapia e está internado, desde o último domingo, no Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira (IOOMG)por apresentar queda acentuada de plaquetas, Júlia encontra o apoio psicológico, e algumas vezes material, em seus leitores e seguidores na internet.“Cada post representa um desabafo, um peso que sai das minhas costas. Saber das muitas histórias iguais a minha me ajuda”, afirmou. “Houve, também, um leitor anônimo que enviou um cateter que o Pedro precisava implantar, mas o hospital não dispunha. Até cadeira de segurança para andar no carro eu já ganhei. Sem falar nos presentes e brinquedos que estão chegando, com a proximidade do Dia das Crianças”.

Apesar da pouca idade de Pedro, Júlia conta que o garoto tem gostado de ver sua imagem reproduzida no computador.

“Basta aparecer uma câmera que ele faz posse para fotos”, diverte-se. “Se alguém deixa um celular por perto, ele pega, vira pra ele, e pensa estar tirando fotos de si mesmo”.

Wanessa está grávida de um menino!!!PARABÉNS AO CASAL E A FAMÍLIA CAMARGO...


Wanessa está feliz da vida com o sexo de seu primeiro filho. A cantora, que está grávida de quatro meses do marido Marcus Buaiz, está à espera de um menino. Em conversa com a revista “Contigo!”, o pai da cantora, Zezé di Camargo, falou sobre a experiência de se tornar avô.

“Estou todo bobo. Minha filha está tranquila, está ótima! Não vejo a hora de vê-lo, de brincar com ele… Não vou me importar em ser chamado de avô. Como Wanessa e Marcus (Buaiz) já estavam planejando essa gravidez há muito tempo, a família já está preparadíssima para recebê-lo. Eles combinaram que se fosse homem, Marcus escolheria. Eu só faço questão que tenha Camargo no nome”, disse Zezé.

Wanessa vai processar Rafinha Bastos...APOIADÍSSIMO!!!!JAMAIS DEVERIA FAZER ESTE TIPO DE "BRINCADEIRINHA EM PIADA" DE MUITISSIMO MAL GOSTO!!!!!


Wanessa (ex-Camargo) e seu marido, Marcus Buaiz, processarão o humorista Rafinha Bastos na área criminal e cível, segundo a coluna "Mônica Bergamo", da Folha de S.Paulo. O casal quer indenização pelos danos causados pela piada em que ele disse que "comeria" a cantora e o bebê que ela espera.

Após ser suspenso do CQC, da Band, com quem tem contrato vigente até 2013, Rafinha teria pedido demissão, segundo o jornalista Flávio Ricco. O canal tenta convencer o humorista a ficar, mesmo fora do programa.

"Não queremos perder um talento como ele, faremos de tudo para essa situação ter um final feliz", disse um diretor da Band à Folha de S.Paulo.

Versão de médico derrubada


Defesa do réu desiste da tese de que Michael Jackson tomou anestésico fatal sozinho
Los Angeles (EUA) - A defesa do médico Conrad Murray, acusado de ser responsável pela morte do cantor Michael Jackson, voltou atrás ontem durante o 11º dia de julgamento. Os advogados abandonaram a ideia de tentar provar que o astro teria provocado a própria morte ao ingerir por conta própria o anestésico Propofol — prinipal argumento de defesa de Murray.

Agora, os advogados sustentam que um estudo independente teria comprovado que a ingestão de Propofol não resultaria em morte. A decisão foi anunciada um dia após o legista que examinou o corpo ter assegurado em depoimento que não Michael poderia ter tomado sozinho a dose fatal da droga.No tribunal, a primeira testemunha a depôr, ontem, foi o cardiologista Alon Steinberg, do Conselho de Cardiologia da Califórnia. Ele afirmou considerar Murray culpado pela morte de Michael. Além disso, garantiu desconhecer o uso do Propofol como sedativo: a substância só pode ser adminstrada em hospital. E criticou o fato de que Murray não tinha equipamentos básicos para o caso de uma emergência.

Erros em série

“Seu maior erro foi não ter ligado para a emergência imediatamente. Ele não tinha a menor ideia do que estava fazendo. Depois de ligar para a emergência, deveria ter administrado uma dose de Flumazenil — antítodo para o Propofol — e usado máscara de ar no cantor”, disse o cardiologista, ressaltando Michael estaria vivo caso Murray tivesse agido rápido.

“Acredito que ele não deveria ter usado Propofol nunca, que ele deveria ter equipamentos de emergência no local e que deveria ter ligado para a emergência imediatamente. Com isso tudo somado, ele é o responsável”, concluiu.

Já o especialista em doenças do sono Nadar Kamangar, segunda pessoa a prestar depoimento no tribunal, ressaltou que a administração de Propofol sem monitoramento é “inconcebível”. O médico afirmou que os pacientes que estão usando Propofol precisam ser observados de perto porque seu estado de saúde pode mudar a qualquer momento. Ele considera que o tratamento escolhido por Murray no caso de Michael foi “negligência grosseira”.

Suplemento de vitamina E aumenta risco de tumores


A ingestão diária de uma dose de vitamina E, antes considerada uma promessa de prevenção contra o cancro da próstata, aparentemente tem o efeito inverso: aumenta em 20% o risco de desenvolver esse tipo de tumor.
A descoberta foi publicada na revista especializada Journal of the American Medical Association, mais conhecida como Jama.

Trata-se de uma demonstração importante de que tomar vitaminas está longe de entrar na categoria «se não fizer bem, mal não vai fazer». «As pessoas tendem a pensar que vitaminas são como canja de galinha», o que é errado, alerta o líder do estudo, Eric Klein, da Cleveland Clinic, nos Estados Unidos.

Klein e os seus colegas afirmam que desconhecem ainda qual o mecanismo biológico por trás do aumento do risco de cancro, mas consideram que os dados são suficientes para recomendar que os pacientes não tomem os suplementos vitamínicos.

O estudo publicado no Jama envolveu o acompanhamento de cerca de 35 mil homens, com idade superior a 50 anos, a partir de 2001.

'A Fazenda 4': 48%, Joana Machado é a vencedora


A quarta edição do reality show A Fazenda já tem sua vencedora: com 48% da votação do público, a peoa Joana Machado se consagrou a vitoriosa do programa exibido pela Record. Assim que foi anunciado seu nome, a ex-namorada do jogador Adriano mal podia acreditar e não conteve as lágrimas, recebendo o carinho dos demais participantes. Como prêmio pela segunda colocação, Monique Evans ganhou um carro. Nas enquetes, Joana e Monique disputaram voto a voto. Raquel Pacheco, a terceira colocada, não levou nenhum prêmio.
O programa começou com as apresentações dos 15 peões da quarta edição do reality show, relembrando quando todos entraram na casa. Em seguida Britto Jr. chamou as finalistas: Joana, Raquel e Monique, que estavam na casa da sede, para se juntarem a eles. As três se emocionaram ao reencontrar seus familiares.
Um vídeo com os melhores momentos de cada uma foi exibido. Brito afirmou que as mulheres foram o destaque desta edição e que "deram um banho nos homens". O cantor Bruno, da dupla com Marrone foi a atração da noite.
O programa continuou mostrando os melhores momentos de A Fazenda 4, como as provas do Desafio Semanal, do Fazendeiro e as formações da Roça. Os momentos entre Dinei e Valeska, que ensaiaram um romance dentro da casa, também não ficou de fora, assim como a declaração de amor de João Kleber por Joana e o "affair" no início do programa entre Monique Evans e Compadre Washington.
A má higiene de alguns peões, assim como as principais brigas entre os participantes também foram mostrados durante o programa.
Joana Machado
Joana Machado, famosa por sua beleza e por ser ex-noiva do jogador Adriano Imperador (que atualmente é contratado pelo time paulista Corinthians) mostrou sua personalidade forte durante todo o confinamento em A Fazenda 4. A loira tentou se desvencilhar da imagem de namorada de jogador de futebol, apesar de comentar com frequência sua relação com Adriano.
Sem medo de se envolver em brigas e mostrar sua opinião de maneira enfática, Joana foi polêmica. Discutiu com colegas como Anna Markun, Dinei e Gui Pádua, mas não recebeu o rótulo de vilã do reality - o saldo final de opiniões dos confinados sobre a loira é positivo, e Joana foi chamada constantemente de "guerreira".
Com Gui, protagonizou uma briga feia ao vivo, quando o peão afirmou que ela acordou "bêbada". Joana não gostou do fato de que os filhos veriam a declaração no programa e comprou briga com Gui, sem moderar as palavras afiadas.
Joana mostrou bom desempenho durante as provas e nas tarefas rurais, e não deixou de lado o emotivo; diversas vezes chorou se lembrando dos dois filhos e do namorado Juninho. A peoa aproveitou as festas do reality show e, na maioria das vezes, se arrependia no dia seguinte, pensando que havia perdido o namorado por conta de seu comportamento.
Com a expulsão de Duda Yankovich, Dani Bolina entrou em A Fazenda, para desgosto de Joana - as duas foram ex-namoradas de Adriano. Apesar disso, elas se tornaram amigas no confinamento. A beleza de Joana recebeu elogios de confinados e peoas, e parece ter conquistado o coração de João Kleber, que se declarou apaixonado pela confinada durante um tempo.
Durante sua permanência no reality show, a finalista alegou que estava tentando ser justa e que não era uma pessoa falsa. "Vocês podem me julgar, mas pelo que eu sou", afirmou, com a entonação de voz firme característica da modelo.

FBI prende suspeito de hackear fotos de Scarlett Johansson


O FBI prendeu o suspeito de hackear o telefone da atriz Scarlett Johansson e de Mila Kunis, informou o TMZ. Em anuncio oficial, o FBI revelou que o acusado, Christopher Chaney, de 35 anos, foi preso na manhã na desta quarta-feira, dia 12, no estado da Flórida.

Ele acessou ilegalmente a conta de mais de 50 pessoas, tendo acesso a conteúdos e dados pessoais, além de senhas e mensagens privadas. Entre as acusações que ele vai enfrentar está a de roubo de identidade. No pronunciamento, foi revelado que o acusado pode pegar até 121 anos de prisão e que deve passar ao menos dois anos preso

O suspeito, um homem de 35 anos que vivia na Flórida, pode ser condenado a até 121 anos de prisão

domingo, 9 de outubro de 2011

Mucopolissacaridose: falta de informação sobre a doença dificulta acesso ao tratamento


Síndrome de Hurler, de Sanfilippo, de Mórquio, de Maroteaux-Lamy ou de Sly são todos os nomes que se referem aos sete tipos diferentes de mucopolissacaridoses (MPS). Você conhece esta doença?

Um nome complicado para uma doença de difícil diagnóstico. As mucopolissacaridoses são um grupo de doenças metabólicas, causadas por deficiência de uma determinada enzima (proteína) nos lisossomos (um dos componentes das células do nosso corpo), o que leva ao acúmulo de glicosaminoglicanos (GAGs). Complicado? Basta dizer que este acúmulo pode levar a uma disfunção celular, que é o que irá gerar os sintomas desta doença.

Baixa estatura e otite de repetição são alguns dos primeiros sinais percebidos pelo pediatra. Outros sintomas, que variam conforme o tipo de MPS, podem ser macrocefalia (crânio maior que o normal), hidrocefalia, língua aumentada, má-formação dos dentes, rigidez das articulações, compressão da medula espinhal, apneia do sono, insuficiência de válvulas cardíacas, hérnia inguinal ou umbilical, aumento do fígado ou do baço, prisão de ventre e diarreia.

Sintomas comuns dificultam diagnóstico

A pediatra geneticista Isabel Furquim, do Hospital Santa Catarina, explica que o diagnóstico é complicado, pois, além de os sintomas serem comuns a outras doenças, por se tratar de uma patologia rara (cerca de 1 caso a cada 25 mil nascimentos), muitos pediatras nem sequer levantam a suspeita.

“Quando há a suspeita, o médico responsável pelo diagnóstico é o geneticista. Para confirmar a mucopolissacaridose, é realizado um exame de sangue para identificar a falta ou diminuição das enzimas”, explica. O diagnóstico precoce só é possível quando há histórico familiar.

Tratamento de alto custo é de difícil acesso

Outra dificuldade com relação à doença é o tratamento. “No mundo todo, só existe tratamento para a MPS tipos I, II e VI, que é a terapia de reposição enzimática. A criança fica em ambiente hospitalar durante algumas horas e recebe a medicação. Nos outros tipos, o foco é melhorar os sinais e sintomas da doença. Há outras terapias alternativas, como o transplante de medula óssea, mas são casos selecionados”. Além do pediatra e geneticista, o pneumologista, otorrinolaringologista, oftalmologista, ortopedista e neurologista, fisioterapeuta, dentista, fonoaudiólogo e psicólogo são outros profissionais envolvidos no tratamento da MPS.

A medicação – ao todo três remédios – é de alto custo e, de acordo com a geneticista, pode custar cerca de R$ 1,5 milhão por ano. Apesar disso, não consta na lista do Programa de Medicamentos Excepcionais do Ministério da Saúde, que fornece gratuitamente, com o governo estadual, remédios de alto custo ou excepcionais à população. “Para obter o medicamento é necessário entrar com uma ação judicial. Leva-se em média um ano para conseguir os remédios”, diz Isabel.

Enquanto esperam, a doença progride, diminuindo a expectativa de vida dos pacientes. Por este motivo, diversas organizações de pais e pacientes com MPS se mobilizam para sensibilizar a população e autoridades para a doença.

É o caso de Eduardo Próspero, 21 anos, estudante de Direito e portador de mucopolissacaridose tipo VI. Ele mantém um blog e ajudou a fundar o instituto Eu quero Viver. Além de informações e orientações sobre a doença, no site da organização há um abaixo-assinado para a inclusão dos medicamentos de tratamento da doença na lista de alto custo do SUS.

-

Refeições em família encorajam crianças a experimentar novos alimentos


Criança que gosta de brócolis só existe no comercial da televisão? Experimente realizar as refeições em família. Um estudo apresentado durante a Conferência Anual de Psicologia do Desenvolvimento, na Universidade de Northumbria, no Reino Unido, mostra que fazer as refeições em família encoraja crianças a experimentarem novos tipos de alimentos — até mesmo verduras e legumes.

De acordo com os autores, é a interação amigável entre pais e filhos que os leva a provar comidas variadas, e não a coerção.

O estudo foi feito com base no levantamento de dados de mais de 75 famílias durante as refeições. Os resultados mostraram que a pressão psicológica ou mesmo física tem pouco resultado sobre o que a criança come ou deixa de comer. “Problemas de alimentação da criança são uma preocupação importante que pode criar uma grande dose de estresse e ansiedade para as famílias”, diz a autora do estudo, Faye Powell.

Pesquisa está apenas começando

A descoberta de Faye, no entanto, é apenas o primeiro estágio deste estudo longitudinal. No próximo ano, todas as crianças envolvidas na pesquisa serão revisitadas para obtenção de mais informações sobre como a prática alimentar impacta no seu próprio comportamento alimentar.

“Os hábitos e os comportamentos alimentares de crianças pequenas são uma prioridade entre os órgãos de governo, profissionais da saúde e familiares. Um em cada quatro pais expressa preocupação sobre a alimentação do filho durante uma consulta de rotina no pediatra. Para evitar problemas de alimentação e melhorar a dieta da criança, é necessária uma profunda compreensão dos fatores de risco e como modificá-los”, finaliza.

-

Maus-tratos na infância dobra o risco de depressão,,,


Pessoas que sofreram maus-tratos na infância apresentam probabilidade duas vezes maior de sofrer acessos de depressão persistente do que aquelas que tiveram uma infância emocionalmente segura, indica uma metanálise publicada on-line pelo American Journal of Psychiatry. E tais pessoas também apresentam possibilidade 43% maior de responder mal ao tratamento, conforme o estudo.
Os resultados mantêm-se independentemente de sexo e idade em que os maus-tratos começaram, afirmou o autor principal, Andrea Danese, do Instituto de Psiquiatria do King’s College de Londres. Os achados baseiam-se em uma metanálise combinada de 16 estudos epidemiológicos e 10 ensaios clínicos, sendo os maus-tratos definidos como abuso físico ou sexual, negligência e conflito ou violência familiar.

Os dados epidemiológicos demonstraram que os maus-tratos na infância estavam associados a mais do que o dobro de risco de episódios recorrentes e persistentes de depressão (razão de chance de 2,27). Os dados dos ensaios clínicos indicaram que os maus-tratos estavam associados a uma má resposta tanto para tratamento psicoterapêutico quanto para tratamento farmacológico ou uma combinação destes (razão de chance de 1,43).

Danese explicou: “Nossos achados mostraram que pessoas com um histórico de maus-tratos não podem ser adequadamente tratadas com tratamento combinado”. Pesquisas publicadas apontam que a prevalência de depressão em 12 meses é de 10% a 17%, ao passo que a prevalência por toda a vida varia de 17% a 40%, declarou o médico.

“Se pudermos identificar as pessoas maltratadas na infância precocemente, conseguiremos prevenir um grande fardo à saúde pública”, disse ele, enfatizando as consequências pessoais, ocupacionais e sociais da depressão a longo prazo. “Os médicos deveriam avaliar rotineiramente os pacientes deprimidos com relação a maus-tratos infantis”, acrescentou.

Seu coautor, Rudolf Uher, declarou: “Essa é uma doença que tem muitos desfechos diferentes. Prescrevemos o mesmo tratamento a pessoas com o mesmo diagnóstico. Ainda assim, algumas melhoram rapidamente e se recuperam completamente; outras continuam doentes a despeito do tratamento prescrito”.

Memória falhando constantemente pode ser indicativo de problemas de saúde...


A memória é uma função complexa, que não usa apenas uma área do cérebro para funcionar. Falhas na memória podem ser comuns – todo mundo já esqueceu onde guardou as chaves do carro –, mas se o problema for crônico, isso pode ser indício de transtornos mentais se instalando ou mesmo de condições neurológicas mais sérias.

“A memória é uma função do sistema nervoso, cuja característica é a aquisição, armazenamento e evocação de informações que foram aprendidas”, explica Sergio Ricardo Hototian, médico neurologista do Hospital Sírio-Libanês e supervisor do Ambulatório de Psicogeriatria da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP). “Quando algum desses mecanismos falha, pode haver problemas de memória.”

Quando se fala de aquisições de informação, Hototian lembra que o processo envolvido diz respeito à atenção. Uma atenção comprometida pode inviabilizar a construção de uma determinada memória ou aprendizado. “A atenção também está envolvida no processo de evocação ou requisição da memória. Então, certos esquecimentos podem ocorrer não por um problema como um transtorno ou condição, mas pelo simples comprometimento da atenção”.

Atenção e memória

Esse nível de atenção dado a um evento também interfere no tipo de armazenamento da memória. Quanto maior a atenção ou maior o envolvimento emocional com uma determinada informação maior a garantia de que essa vai estar disponível na chamada memória de longo prazo, que vai ser armazenada por um período mais longo – muitas vezes para toda a vida – ao invés de somente ser guardada na memória de curto prazo – usada para ações rápidas como guardar um número de telefone por alguns minutos até se realizar uma ligação.

“A retenção de uma memória passa pelo processo de consolidação, ou seja, por uma série de reações químicas em diversas partes do cérebro que vão associar as informações variadas colhidas durante um evento e construir um caminho para que ela seja depois evocada”, explica o especialista.

Essa consolidação, aponta Hototian, vai depender também de elementos como a repetição (fazer várias vezes a mesma tarefa) e da priorização da informação. “Informações que deixam de ser prioritárias passam pelo processo inverso e que é muito importante: o esquecimento.”

Esquecimento é importante

“O esquecimento é importante para o cérebro, pois ajuda a descartar o excesso de informação. Isso ajuda a combater o estresse. Se fôssemos nos lembrar de tudo o que passamos no dia a dia, o organismo poderia se sobrecarregar com o excesso de informações e emoções associadas. É bom – para a saúde do cérebro e do corpo – esquecer boa parte disso”, aponta.

Algumas vezes o esquecimento também pode ser causado pelo excesso de elementos envolvidos e associados à informação. Quando há excesso de atenção e, consequentemente, muita emoção envolvida com um determinado evento, ele pode acabar se transformando em um trauma e comprometer a evocação ou lembrança, levando à amnésia.

“O sentido de trauma normalmente é associado a algo físico, mas um trauma psicológico – principalmente quando envolve algum tipo de sofrimento – também impacta seriamente o funcionamento do cérebro. No caso da memória, ele pode fazer que os caminhos para uma determinada informação se percam, por exemplo”, diz Hototian.

Idade diminui capacidade da memória

Com a idade, é possível que os processos envolvidos na memória se tornem mais vagarosos ou falhos em momentos específicos. Isso pode ser considerado normal até certo ponto. Quando o esquecimento se dá de forma crônica, acontecendo constantemente e em específico com as memórias mais recentes, o problema pode ser uma condição que atinge cada vez mais pessoas idosas no mundo todo: a doença de Alzheimer.

“O Alzheimer começa debilitando as memórias de curto prazo – as pessoas com a doença esquecem se comeram ou tomaram seus remédios – e vai, aos poucos, atingindo as memórias de longo prazo mais recentes. Pacientes com Alzheimer muitas vezes não lembram os nomes dos netos mais novos, por exemplo, mas se lembram de histórias e eventos ocorridos na juventude. Em casos avançados, essa memória também vai sendo ‘apagada’”, afirma o especialista.

Transtornos mentais e esquecimentos

Outras vezes, os transtornos ansiosos ou depressivos também podem estar envolvidos nessa falha da memória. “São transtornos que mexem com a memória por diversos motivos, pois agem sobre as emoções associadas e no nível de atenção. Algumas vezes, esses transtornos alteram o ritmo do corpo – o chamado ritmo circadiano – alterando a quantidade de horas dormidas e a qualidade do sono”.

Mas nesses casos, explica Hototian, quando há um tratamento em curso, esses problemas tendem a diminuir ou ter remissão total, e a memória volta a funcionar perfeitamente. “Esses fatores associados aos transtornos mentais são mais fáceis de controlar quando se inicia um tratamento do que aqueles associados a condições neurológicas. Por isso, pessoas com falhas da memória devem procurar um especialista o mais rápido possível, para poder voltar à normalidade, ou então procurar o tratamento adequado para problemas mais sérios”, finaliza.

Estudo mostra que caminhar pode proteger a memória



Conforme envelhecemos, nosso corpo passa por mudanças. Entre elas, o tamanho de nosso cérebro diminui, o que pode levar a uma série de condições, como a demência. Contra elas, que tal começar a caminhar? É o que sugere um estudo publicado no periódico American Academy of Neurology.


De acordo com os resultados, andar pelo menos 10 km por semana pode ajuda a preservar o tamanho do cérebro e, com isso, prevenir a perda de memória comum ao envelhecimento.

O estudo envolveu quase 300 pessoas sem diagnóstico de demência. Na primeira etapa, elas informaram aos pesquisadores da Universidade de Pittsburgh, nos EUA, quantas quadras costumavam a caminhar durante a semana.

Após quase uma década de acompanhamento, os pesquisadores realizaram tomografias nos participantes a fim de medir o tamanho do cérebro deles. Novamente, quatro anos depois, todos passaram por testes para verificar se haviam desenvolvido ou não algum comprometimento cognitivo ou demência.

Uma média de 10 a 15 kilômetros por semana é o suficiente

Os resultados apontam que, nove anos depois, aqueles que andavam até 72 quadras por semana, ou entre 10 km e 15 km, apresentaram um volume de cérebro maior do que os que não andaram tanto quanto. Andar mais do que esta distância por semana, no entanto, não demonstrou resultados melhores, apenas iguais.

Quatro anos depois, 40% dos participantes apresentaram algum comprometimento cognitivo ou demência. Os pesquisadores descobriram que aqueles que andaram mais reduziram o risco de problemas de memória pela metade. “Se o exercício regular na fase adulta pode melhorar a saúde cerebral e a memória mais tarde, esta é mais uma razão para as pessoas em todas as idades manterem uma rotina de exercícios”, finalizam os autores

Fã de Justin Bieber posta foto da filha de Flávia Alessandra com o ídolo teen


Um fã de Justin Bieber postou no Twitter uma foto em que Giulia, filha de Flávia Alessandra e Marcos Paulo, aparece tietando o ídolo teen nos bastidores de um dos shows no Brasil. Em outro registro, é Álvaro Garnero quem posa ao lado do cantor e da namorada, Cristiana Arcangeli.

. ‘Odeio a Selena!’, diz filha de Flávia Alessandra em show de Justin Bieber

Klara Castanho mostra como cuida de Bebê, o cachorrinho que ganhou de Xuxa...


Há dois meses Klara Castanho tem um novo amiguinho para apertar, brincar e correr pela casa. É o Bebê, um filhotinho da raça Yorkshire dado por Xuxa.

"Ele veio como Eduard, mas ele era tão pequeno que eu só chamava de Bebê", contou a atriz de "Morde e Assopra" sobre o preguiçoso filhotinho. "Ele fica no meu colo o tempo todo, e quando eu solto, quem pega é o Lucas [irmão de Klara]. A gente vira ele do avesso, ele só late quando a gente corre."

O presente veio durante a participação de Klarinha no programa "TV Xuxa", em agosto. A apresentadora, aliás, se tornou uma amiga especial desde que a atriz mirim gravou uma música no DVD "Xuxa Só para Baixinhos 11".

"Xuxa me olha nos olhos, e sinto amizade e amor de verdade, e falo isso pra ela sem vergonha nenhuma. Trabalhar com ela, primeiro foi um sonho, mas virou realidade. Sinto somente agora que ela é de verdade, é especial. Ela é mágica", derrete-se a intérprete da Tonica na novela das sete. Os primeiros dias de Bebê em casa foram uma delícia. "Ele é muito carente e queria a nossa companhia o tempo todo. Até hoje onde vamos ele sempre está atrás e tem que ter cuidado para não atropelá-lo."

Klara, que nunca teve um animalzinho de estimação, está botando a mão na massa pra cuidar do bichinho. Escova os pelos, os dentes, põe ração e, claro, divide o "trabalho sujo" com o irmão Lucas. "Ele faz xixi e cocô onde não deve, e quem limpa somos eu e o Lucas."

Ticiane Pinheiro leva a filha para teatro com Adriane Galisteu e Vittorio


Ticiane Pinheiro e Adriane Galisteu levaram seus filhos, Rafaela e Vittorio, respectivamente, para assistir ao show dos palhaços Patati e Patatá. Ticiane foi quem postou as fotos no Twitter neste domingo, 9. Vale lembrar que Adriane é ex-mulher do marido de Tici, Roberto Justus. Civilizadas, não?!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Transplante de útero traz esperança



Derya Sert, internada em um hospital perto de Antalya, no sul da Turquia, é a primeira mulher no mundo a receber um transplante de útero de uma doadora falecida, uma cirurgia que pode dar esperanças a milhões de mulheres no mundo que não podem ter filhos.

Antália, Turquia - Derya Sert, internada em um hospital perto de Antália (sul da Turquia), é a primeira mulher no mundo a receber um transplante de útero de uma doadora falecida, uma cirurgia que pode dar esperanças a milhões de mulheres no mundo que não podem ter filhos.Os médicos do hospital universitário Akdeniz realizaram com êxito este transplante em 9 de agosto nesta mulher de 21 anos, que nasceu sem útero, como ocorre com cerca de 5.000 mulheres no mundo.

"Estou feliz, animada, tudo se mistura", contou Sert, casada com um mecânico da região e que está hospitalizada faz uns seis meses.

"Se Deus quiser, em breve teremos nosso bebê nos braços", acrescentou.

"Nunca tive medo da operação e jamais temi as dores pelas quais teria que passar. Este útero já é um dos meus próprios órgãos. Faz tempo que esperávamos por isto", desabafou Sert, explicando que sua família a ajudou muito.

Este foi o segundo transplante de útero realizado no mundo, depois de uma primeira tentativa na Arábia Saudita, em 2000. Esta intervenção foi realizada com uma doadora viva, mas fracassou depois de 99 dias e os médicos tiveram que retirar o órgão transplantado.

"Era um problema ter que lidar com uma doadora viva", explicou o cirurgião Omer Ozkan, que faz parte da equipe de oito médicos e outros sete especialistas que fizeram esta operação.

"Durante essa cirurgia (na Arábia Saudita), a veia era curta demais para a anastomose (união) e o útero não estava bem assistido", acrescentou a ginecologista Munir Erman Akar, da mesma equipe.

Os médicos turcos pensam ter conseguido resolver este problema. Ao trabalhar com uma doadora já falecida, eles puderam extrair mais tecido ao redor do útero e os vasos sanguíneos foram mais longos. Por outro lado, os remédios imunossupressores administrados para evitar a rejeição passaram por uma revolução nos últimos anos, acrescentaram os médicos.

No entanto, os especialistas demonstram prudência.

"A operação transcorreu bem. Mas poderemos falar de êxito quando ela tiver seu bebê", disse o doutor Ozkan. "Por enquanto, estamos satisfeitos por constatar que o tecido está vivo" e que não houve rejeição.

Para ele, será preciso esperar pelo menos seis meses antes de confiar a paciente aos médicos que implantarão os embriões do casal.

Durante a gravidez, "há vários riscos, como a formação de anomalias congênitas por causa dos imunossupressores, e também riscos de um trabalho (nr: de parto) antes de (nr: a gestação) chegar a termo ou de um retardo do crescimento intrauterino", afirmou a doutora Akar.

É importante reduzir as doses de medicamentos para garantir a saúde do feto durante toda a gravidez.

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Presença garantida nas roupas, o tecido agora também é usado na confecção de acessórios de moda. E faz bonito!JEANS...USE E ABUSE!!


Um século e meio após a sua criação, o denim continua fazendo sucesso. As principais marcas e coleções do país apostam no tecido para a criação de calças, camisas, shorts, coletes e saias. Mas a grande novidade é que agora ele reveste diversos acessórios, como bolsas, calçados, cintos, chapéus e até bijuterias.O jeans é um clássico da moda, uma peça básica, fácil de usar e resistente. “Versátil, ele combina com diversos estilos, do cowboy ao hippie chic, do casual às alfaiatarias. Por esse motivo, está sempre em alta”, comenta Leca Calvo, consultora de estilo e professora da escola de Moda Sigbol Fashion. E quando usado como revestimento de acessórios, produz um lindo resultado. Se você gostou da novidade, aposte na ideia. Siga as dicas e explore essa tendência sem medo de errar!

- A calça índigo blue é democrática e eclética, por isso, pode ser usada em diversas situações: no período diurno ou noturno, no dia a dia ou em ocasiões mais formais. Nesse caso, escolha um modelo confeccionado com o tecido em versão sofisticada - ele leva na sua composição fibras especiais, como o modal ou o poliéster. Ou, então, opte pelo acabamento resinado, que deixa a peça com aparência semelhante ao couro. “E combine com peças elegantes, como blusas de seda e paetês. Esse mix faz bonito em ambientes mais modernos, como coquetéis, exposições, festas, baladas e boates. Mas evite a composição em festas habillé e a rigor, que exigem um traje especial”, alerta Leca.- O look jeans total está na moda! “A combinação de duas peças em índigo blue, como camisa e calça ou shorts e jaqueta, fica muito bacana. Porém, evite o exagero”, alerta a consultora. Sendo assim, quando usar roupas em denim, cuidado na escolha dos acessórios, como sapato, bolsa, colar ou chapéu. Segundo Leca, se eles forem confeccionados exclusivamente com o tecido, o resultado ficará pesado. O ideal é optar por modelos que façam um mix com outros materiais, por exemplo, couro, correntes, tachinhas e fivelas. É possível também investir em outras texturas e cores, como cinto em camurça, lenço de seda e colares de metal. Caso use duas ou mais peças em jeans, procure por lavagens semelhantes. E componha o look com acessórios diferenciados, para quebrar a monotonia.- Ao adotar sapatos, bolsas, colares ou chapéus revestidos em denim, deixe que eles tenham destaque na produção. “Combine-os com roupas discretas e neutras, como um vestidinho preto ou uma calça de alfaiataria e camisa”, orienta Leca.

- Quer apostar na calça jeans da moda? “Invista no modelo flare, ou pantalona, presente em praticamente todos os desfiles internacionais”, conta Leca. Ainda assim, a skinny e a boyfriend continuam na moda, tanto nas ruas quanto nas lojas.

- Para prolongar a durabilidade do seu jeans, sejam calças, saias, vestidos, jaquetas, shorts ou blazers, lave-o com OMO Líquido. O produto limpa o tecido sem danificá-lo, deixando sua roupa macia e perfumada!

Apesar de cada criança ter um ritmo próprio, alguns sinais mostram aos pais o momento de deixar de lado essas duas marcas da infância...


Quando a criança começa a crescer, surgem as dúvidas sobre a “idade ideal” para cada coisa. Todo mundo parece ter uma ideia formada sobre quando retirar a chupeta, a mamadeira e até mesmo a fralda dos pequenos. Diante de tantas opiniões, as mães ficam confusas e com medo de “atrasar” o desenvolvimento dos filhos.

Para o pediatra e neonatólogo membro da Sociedade Brasileira de Pediatria, Leonardo Falci Mourão, a pressão para tornar as crianças “adiantadas” e “independentes” costuma partir tanto dos pais quanto das creches, e é ruim para o crescimento da criança. “Cada uma tem seu tempo e é importante observar que habilidades como o controle das fezes não se trata apenas de uma questão de disciplina ou de algo que possa ser ensinado às crianças, mas, sim, que depende do desenvolvimento psicomotor”, explica.Segundo o médico, a criança passa por três fases antes de conseguir ter o controle das suas necessidades. Primeiro, ela repara que evacua quando a ação já foi completada. Em um segundo momento, ela percebe durante a ação e anuncia que está evacuando. Somente na terceira fase ela começa a identificar algo parecido com a vontade de ir ao banheiro que os adultos sentem.

A noção de que a criança deve pedir para ir ao banheiro só deve ser introduzida pelos pais quando ela atingir essa terceira etapa, que costuma chegar aos dois anos e meio - na maioria dos casos. Antes disso, dizer para o bebê que ele não pode evacuar nas calças ou agir de modo irritado quando a criança diz que está fazendo xixi em vez de ir ao banheiro é exigir responsabilidade cedo demais.

Essa cobrança pode gerar ansiedade e até mesmo constipação crônica na idade adulta. Para o doutor Leonardo Mourão, muitas pessoas que hoje têm dificuldade para ir ao banheiro provavelmente foram instruídas a controlar as fezes cedo demais.

A questão da chupeta e da mamadeira, por sua vez, não está ligada ao desenvolvimento motor, mas também é um assunto delicado, pois envolve objetos que representam as primeiras grandes fontes de prazer do bebê.

A chamada fase oral − etapa da vida em que a sucção oferece sentimentos de prazer e segurança − não deve ser interrompida com violência. Colocar pimenta em bicos de mamadeira e chupetas, fazer chacota da criança que ainda usa esses utensílios e compará-la pejorativamente às outras não são estratégias saudáveis.Conforme afirma o especialista, a melhor forma de evitar que a criança passe muito tempo dependente desses objetos é por meio da amamentação até os dois anos de idade. Esta constitui, além de alimentação, um momento de prazer e de sucção para o bebê. Muitos bebês que são amamentados até os dois anos nem sequer gostam de chupeta e mamadeira.

Caso a criança chegue aos três anos ainda fazendo uso desses artifícios, é o caso de checar se ela não tem passado ou presenciado muitos conflitos em casa, já que o prolongamento da fase oral pode ser um indicativo de insegurança e estresse.

“Criança não é um robô nem uma máquina. Cada uma é completamente diferente da outra, porém, o que se tem percebido nos consultórios é que, cada vez mais, pais querem arrancar esses objetos próprios da infância muito precocemente. O ideal é observar a criança e respeitar os seus limites”, finaliza Leonardo.

Saiba como diferenciar as doenças e veja a importância das atividades físicas para a melhoria da qualidade de vida...


“Dores nas juntas, inchaço e perda dos movimentos são alguns dos sintomas da artrite e da artrose, doenças que prejudicam a qualidade de vida de muitas pessoas”, explica o ortopedista Marcos Britto da Silva, membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT). Mas a prática de exercícios físicos pode ser uma grande aliada contra esses males: no caso da artrite, ela ajuda a atenuar as dores, enquanto que, para a artrose, ela possui um papel ainda mais importante, sendo capaz até de preveni-la.A artrite é a inflamação nas articulações e, dependendo da forma como se manifesta, pode ser classificada de maneiras diferentes. “A artrite reumatoide, por exemplo, é uma doença autoimune, ou seja, causada porque o sistema imunológico, ao invés de proteger o organismo, acaba atacando seus próprios tecidos − neste caso, a cartilagem e o revestimento articular”, conta o médico. Entre seus sintomas, estão o inchaço e a rigidez − principalmente pela manhã −, além de muita dor, mesmo quando em repouso. “Estima-se que 1% da população em todo o mundo tem artrite reumatoide, mal que atinge três vezes mais as mulheres do que os homens. E, infelizmente, não é possível preveni-la”, diz Marcos. Há, ainda, a artrite gotosa – ou gota −, que ocorre em razão do acúmulo de microcristais minerais de urato em articulações do dedo, dorso do pé, joelhos e cotovelos, provocando dor e limitação de movimentos.

Por sua vez, a artrose - também chamada de osteoartrite ou artrite degenerativa - é causada tanto pelo desgaste da cartilagem como por traumas e fraturas articulares. “Trata-se de uma doença crônica que atinge principalmente o joelho, a coluna, os quadris, as mãos, os dedos e os tornozelos”, conta o médico. Detectada por meio de radiografias, a artrose normalmente apresenta sinais como dor ao se movimentar, rigidez do local, inchaço e falta de firmeza. “Exercícios de alongamento, musculação, fisioterapia, além de medicamentos prescritos por um especialista, podem aliviar a dor”, avisa o ortopedista.E, ao contrário do que muita gente pensa, não são apenas os idosos que estão propensos à inflamação e ao desgaste articular. Segundo o médico, qualquer pessoa, até mesmo os jovens que se submetem a esforços excessivamente intensos ou traumáticos, pode tê-los.

Quem sofre com a artrite ou a artrose pode – e deve – se dedicar às atividades físicas. Mas, lembre-se: antes de se matricular em uma academia, consulte seu médico e faça uma avaliação sobre sua saúde. E para ganhar pique e energia, experimente tomar um copo de AdeS antes do treino. Leve, saborosa e rica em cálcio, a bebida dá aquela força para você curtir a vida com muita saúde e disposição.

O hormônio de crescimento age nas crianças durante a noite...


Sabe aquela história contada pelas nossas avós de que, quando a menina vira “mocinha”, tende a parar de crescer? É pura verdade. Segundo o mestre em endocrinologia Silvio Voscaboinik, que atende no Hospital da Lagoa, no Rio de Janeiro, a altura fica estagnada após o “amadurecimento” dos ossos, que está ligado a dosagens dos hormônios femininos e masculinos no nosso corpo. Em geral, isso ocorre pouco depois da primeira menstruação, nas mulheres, e até os 22 anos, nos homens.O hormônio responsável pelo crescimento, conhecido como GH, origina-se na glândula hipófise e atua da meia-noite às 4 horas da manhã, em crianças até a fase da puberdade. Por isso, aquele velho ditado de que “criança tem de ir deitar para crescer” também está correto. “Ele atua melhor quando estamos dormindo”, diz Voscaboinik.

Mas ele continua atuando no corpo durante a puberdade e a fase adulta. É “descarregado” em pulsos de 5 minutos a cada hora. “Nessa época da vida, o GH é responsável pelo ganho de massa muscular, síntese de proteína e por uma pele mais bonita”, aponta o especialista. É por esse efeito de “rejuvenescimento” que o consumo de hormônio sintético virou uma febre em muitas academias e clínicas estéticas.

No entanto, o presidente do Departamento de Endocrinologia e Metabologia da Associação Paulista de Medicina, João Roberto de Sá, alerta para os cuidados de ingestão dos sintéticos sem acompanhamento médico. “Em crianças, o excesso desse hormônio ocasiona o gigantismo e, nos adultos, a acromegalia, que é um crescimento das extremidades como mãos, pés e mandíbulas.” Por isso, é muito importante sempre consultar um médico quando o assunto é saúde e cuidado com o corpo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...